Home / Papa / Santos Pedro e Paulo são nossos guias na fé, diz Francisco

Santos Pedro e Paulo são nossos guias na fé, diz Francisco

AFP4306819_LancioGrandeMilhares de fiéis e peregrinos rezaram com o Papa Francisco o Angelus na Praça São Pedro nesta, segunda-feira (29/06), Solenidade dos Santos Apóstolos Pedro e Paulo. A Igreja no Brasil celebrou esta solenidade no último domingo (28/06). O pontífice disse que este dia é vivido com particular alegria pela Igreja de Roma, “porque em seu testemunho, sigilado com o sangue, ela se fundamenta”.

“Roma tem um afeto especial e reconhecimento por estes homens de Deus que vieram de uma terra distante para anunciar o Evangelho de Cristo ao qual se dedicaram totalmente. A herança gloriosa desses dois Apóstolos é motivo de orgulho espiritual para Roma e ao mesmo tempo é um chamado a viver as virtudes cristãs, de maneira particular a fé e a caridade: a fé em Jesus como Messias e Filho de Deus, que Pedro professou por primeiro e Paulo anunciou aos gentios, e a caridade que esta Igreja é chamada a servir com horizonte universal.”

Devoção

Francisco recordou também a figura de Maria, imagem viva da Igreja, esposa de Cristo, que os dois Apóstolos fecundaram com o seusangue. “Pedro conheceu pessoalmente a Mãe de Deus e na conversa com ela, especialmente nos dias que precederam o Pentecostes, ele aprofundou o conhecimento do mistério de Cristo. Paulo, ao anunciar o cumprimento do desígnio salvífico na plenitude dos tempos, recordou a mulher da qual o Filho de Deus nasceu.”

“Na evangelização feita pelos dois Apóstolos aqui em Roma estão também as raízes da devoção profunda e secular dos romanos para com a Virgem, invocada especialmente como Salus Populi Romani. Maria, Pedro e Paulo são os nossos companheiros de viagem na busca de Deus. São os nossos guias no caminho da fé e santidade. Invoquemos a sua ajuda para que o nosso coração possa sempre estar aberto às sugestões do Espírito Santo e ao encontro com os irmãos”, sublinhou o Papa.

Pálio

Francisco disse aos fiéis que celebrou a missa esta manhã na Basílica de São Pedro, na qual abençoou o pálio dos Arcebispos Metropolitanos provenientes de várias partes do mundo. O Papa disse aos arcebispos na missa que o pálio, além de aumentar os laços de comunhão com a Sé de Pedro é um estímulo para um serviço cada vez mais generoso às pessoas confiadas ao seu zelo pastoral.

Ecumenismo

O Santo Padre recordou que na celebração saudou os membros da delegação que veio a Roma em nome do Patriarca Ecumênico de Constantinopla, Bartolomeu I, para participar da Solenidade dos Santos Pedro e Paulo. “Esta presença é sinal dos laços fraternos existentes entre as nossas Igrejas. Rezemos para que se reforce entre nós o caminho da unidade”, disse Francisco.

“A nossa oração hoje é sobretudo para a cidade de Roma, para o seu bem-estar espiritual e material: Que a graça divina sustente todo o povo romano para que viva plenamente a fé cristã, testemunhada com o ardor intrépido dos Santos Pedro e Paulo”, destacou.

Depois da oração do Angelus, o Papa saudou com afeto os fiéis de Roma e as famílias, paróquias, associações provenientes da Itália e de várias partes do mundo. Saudou também os estudantes das escolas católicas dos Estados Unidos e da Escócia, e fez votos para a tradicional queima de fogos que se realizará esta noite no Castel Sant’Angelo. A soma arrecadada ajudará uma iniciativa de caridade na Terra Santa e no Oriente Médio.

Fonte: news.va

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *