Home / Mensagem / Jo 8,11 “Então Jesus lhe disse: ‘Eu também não te condeno. Podes ir, e de agora em diante não peques mais. ” Oração: Senhor Jesus, fonte de amor em ato, perdoa os meus muitos pecados. Lança sobre mim Teu olhar misericordioso e resgata-me pela tua infinita misericórdia. Ajuda-me a entender a grandiosidade do Sacramento da Confissão, que instituístes para nossa libertação interior. Faze-me superar a tentação de julgar as pessoas, confundindo o pecado com o pecador. Educa-me para perdão e para superação de todo ressentimento. Cura meu coração de toda mesquinhez e hipocrisia. Faze-me mais acolhedor. Derrama sobre mim o bálsamo do perdão que liberta e cura para que eu possa ouvir tua doce voz a me dizer: “Eu, também, não te condeno. Podes ir, e de agora em diante não peques mais”. Amém.

Jo 8,11 “Então Jesus lhe disse: ‘Eu também não te condeno. Podes ir, e de agora em diante não peques mais. ” Oração: Senhor Jesus, fonte de amor em ato, perdoa os meus muitos pecados. Lança sobre mim Teu olhar misericordioso e resgata-me pela tua infinita misericórdia. Ajuda-me a entender a grandiosidade do Sacramento da Confissão, que instituístes para nossa libertação interior. Faze-me superar a tentação de julgar as pessoas, confundindo o pecado com o pecador. Educa-me para perdão e para superação de todo ressentimento. Cura meu coração de toda mesquinhez e hipocrisia. Faze-me mais acolhedor. Derrama sobre mim o bálsamo do perdão que liberta e cura para que eu possa ouvir tua doce voz a me dizer: “Eu, também, não te condeno. Podes ir, e de agora em diante não peques mais”. Amém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *