Home / Igreja no Mundo / Contagem regressiva JMJ: brasileiros já “invadiram” Cracóvia

Contagem regressiva JMJ: brasileiros já “invadiram” Cracóvia

AFP2477603_LancioGrandeA Rádio Vaticano segue com as reportagens especiais sobre a contagem regressiva para a JMJ de Cracóvia, no ano que vem. A partir do dia 26 de julho, faltará um ano para o maior evento jovem católico do mundo.

Neste especial, entrevistamos a polonesa Aleksandra Szymczak. Ela que, após trabalhar no comitê organizador da JMJ do Rio, agora é a Coordenadora de Comunicação da Jornada de Cracóvia. Aleksandra fala sobre as campanhas especiais que serão feitas por ocasião do início da contagem regressiva, dos brasileiros que, segundo ela, são os mais interessados na Jornada e como a cidade de 700 mil habitantes se prepara para receber mais de 2 milhões de peregrinos.

365 dias

Estamos pensando em preparar um pouco a cidade de Cracóvia para receber tantos peregrinos de fora. Organizaremos missas no dia 26 de julho nas línguas oficiais da JMJ para já avisar essas pessoas que são estrangeiras e que moram em Cracóvia que teremos as missas que geralmente não tem na línguas deles, e mostrar também para as pessoas da Cracóvia que, daqui a pouco, vai ter um montem de gente que falam outras línguas, que são de outras culturas, mas que tem os mesmos valores que a gente. Além disso, estamos pensando em várias campanhas nas redes sociais, com vídeos promovendo esse 1 ano para a JMJ.

“Invasão brasileira”

Durante a JMJ com certeza terão catequeses em português. Com certeza, os atos centrais serão traduzidos ao português. O que posso dizer sobre os brasileiros é que são o grupo mais interessado na JMJ, claro, por causa da ultima JMJ no Rio. Recebo bastante e-mails e bastante ligações dos brasileiros que perguntam como será. Os brasileiros eram que mais esperava o site em português para poder se informar melhor. O interessante é também que já temos bastante voluntários que chegaram por contra própria até antes do que a gente esperava. São pessoas que se doam totalmente à JMJ com seus próprios recursos, e são brasileiros. Os primeiros voluntários que nós temos aqui, os primeiros estrangeiros, são brasileiros, e são vários já. Isso também marca a força que a Jornada e como ela muda a vida das pessoas. A comunidade brasileira vai ser grande. A distância dificultará um pouco a chegada, mas acredito que teremos bastante brasileiros mesmo assim.

Preparando Cracóvia

Estes trabalhos estão acontecendo praticamente desde o início quando a JMJ foi anunciada lá no Rio de Janeiro.  E agora estão se intensificando na logística, que é muito importante para acolher todos os peregrinos, para que o transporte funcione bem. E para que possamos recebê-los bem, temos inclusive a construção de novos espaços. Cracóvia é “bem” pequena, e a expectativa de chegada de peregrinos é grande: esperamos mais de 2 milhões de pessoas, enquanto Cracóvia tem 700 mil habitantes. Portanto, teremos muito mais pessoas do que a população habitual. Essa colaboração (com o governo) para que as questões de logística já acontece em um nível muito intenso.

Fonte: news.va

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *